Tragédia no Japão gera comoção no setor

Tragédia no Japão gera comoção no setor

por 22/03/2011

Depoimentos dos representantes de algumas empresas de origem japonesa falam sobre o processo de produção e situação de suas instalações e funcionários

Após ser atingido, no início de março, por um terremoto de 8,9, na Escala Richter, que desencadeou um tsunami que varreu a costa leste de Honsu, no Japão, o país começa a se reconstruir. A revista norte-americana, Music Merchandise Review (MMR), coletou depoimentos de algumas das grandes empresas com instalações japonesas do setor acerca dos acontecimentos das últimas semanas:

Roland U.S.: “Estamos todos tristes e chocados pelo recente terremoto e conseqüente tsunami que ocorreu no Japão. Nossa informação mais recente indica que todo o pessoal Roland e suas famílias estão seguros e protegidos. Não houve danos às nossas instalações”, conta Chris Bristol, presidente da Roland U.S..

Kawai: “Estamos gratos em poder informar que as nossas instalações não foram danificadas pelo terremoto e pelo tsunami subsequente que devastou o norte do Japão. Nossa cidade natal, Hamamatsu, está localizada ao sul, bem distante do epicentro e manteve-se segura da devastação. A Kawai Japan opera diversas escolas de música nas áreas afetadas. Até agora, temos sido incapazes de contatar qualquer professor ou estudante associado a essas escolas, mas continuamos à espera de boas notícias sobre seu bem-estar, assim que a comunicação para a área for restaurada. Enquanto empresa, agradecemos pelos muitos e-mails e telefonemas que recebemos expressando preocupação para conosco e nosso povo, e peço aos nossos amigos e colegas da indústria que se unam a nós nas orações para o Japão, em apoio à recuperação”, desabafou Hirotaka Kawai, presidente da empresa.
 
Audio-Technica U.S.: “Estendemos nossas condolências aos afetados pelo terremoto Tohoku Pacific Coast. As instalações da Audio-Technica Japan não foram danificadas pela catástrofe, e todos os funcionários foram contabilizados e estão seguros. As operações da Audio-Technica Japan são normais, embora minimamente afetadas por interrupções, como é o caso de trabalhadores com longos trajetos, que estão trabalhando de casa, quando possível, por meio do telefone celular e computador. A empresa está monitorando constantemente o estado de operações em todos os locais, com segurança sendo a prioridade número um. A Audio-Technica U.S. está avaliando o efeito que o desastre pode ter sobre sua cadeia de abastecimento, mas até o momento, não antecipa grandes problemas”, esclareceu o presidente da Audio-Technica U.S., Phil Cajka.

A Kawai é distribuída no Brasil pela Pianofatura Paulista; a Audio-Technica é importada pela AMI Music Sound Solutions; e para obter mais informações sobre a Roland acesse o site do Grupo Roland.