Peavey vs. Behringer

Peavey vs. Behringer

por 06/05/2011

Desde 2009, a Peavey Electronics Corporation iniciou múltiplas demandas judiciais, em diversos países, contra o Music Group, holding que detém as marcas Behringer, Bugera, Midas e Klark Teknik. Os processos foram abertos em diversos países do mundo e giram em torno de propriedade intelectual, quebra de patente, violação de marca registrada, concorrência desleal entre outros temas.

Mais recentemente, a empresa também abriu processo contra a Behringer, acusando-a de infringir a patente relacionada com o sistema de áudio portátil Peavey Messenger. “Durante a história de 46 anos, a Peavey sempre tem aceitado a responsabilidade de cumprir com a exigências governamentais e se submete a rigorosos testes para garantir que seus produtos satisfaçam ou excedam os requerimentos regulatórios”, declarou Ronald Bienstock, advogado da Peavey, em comunicado oficial.

Pelo outro lado a Music Group, afirmou em nota em seu site sobre o caso: “É lamentável que Peavey queira resolver suas atuais perdas financeiras por meio de recursos judiciais contra os concorrentes. E, mais importante, cortando gastos que asseguram a conformidade de seus produtos com padrões de segurança. Suas energias, com certeza, seriam melhor despendidas com a conformidade em segurança de seus produtos aos consumidores, e com o cumprimento das normas exigidas por lei, em vez de fazer um ataque confuso e sem sentido a uma empresa de sucesso”, explicou o vice-presidente sênior de marketing da Behringer, Costa Lakoumentas, que faz alusão a sete de dez produtos da Peavey que não passaram nos padrões de segurança exigidos nos EUA.

Em 2009, uma das ações contra a Behringuer, movida pela Peavey, foi arquivada pela inconsitência do pedido. O caso atual será analisado no tribunal em Seattle e os resultados se farão públicos à medida que ele se desenvolva.

Comentários