Orquestra ganha patrocinio

Orquestra ganha patrocinio

por 22/05/2008

Os 32 alunos-violinistas da Orquestra Jovem de Violões do Colégio Estadual Central, de Belo Horizonte, comemoram a continuidade de suas atividades graças ao patrocínio exclusivo conquistado da Lar Imóveis. Criada em 2003 e formada por alunos da maior instituição pública de ensino da capital mineira, a Orquestra de Violões estava, há pouco mais de um mês, ameaçada de encerrar suas atividades por falta de verba.

Foi quando o empresário Luiz Antônio Rodrigues, diretor da Lar Imóveis, diante de um pedido público de socorro, resolveu patrocinar o projeto. “Nos anos de 2006 e 2007 estávamos sem apoio. Tentamos com mais de 50 empresas. No começo de 2008 encerramos a oficina que realizávamos para mais de 80 alunos e estávamos quase terminando as atividades da orquestra”, conta o maestro Roger Canesso.

A Lar Imóveis está investindo recursos próprios direcionados para manutenção da orquestra, gravação de CD e fornecimento de bolsas de estudo para alunos-monitores. “Com a verba estamos abrindo mais uma turma da orquestra, somando quatro no total, e reabrindo a oficina com 20 novas vagas. Anteriormente, somente eu ministrava as aulas para a orquestra e a oficina, agora, contamos com sete monitores, que recebem bolsa-auxílio e vale transporte”, explica Canesso.

O projeto Orquestra de Violões já beneficiou mais de 200 jovens em cinco anos. As aulas acontecem em três salas devidamente aparelhadas no próprio colégio. Os alunos contam, ainda, com um auditório para apresentações e ensaios.

O maestro revela que tem planos de levar, mensalmente, um músico reconhecido para tocar com os alunos, a exemplo do que faz o compositor Toninho Horta, padrinho do projeto. A gravação de um CD também está na lista de projetos do professor.