Música dentro da loja influencia venda

Música dentro da loja influencia venda

por 19/04/2012

Diretor da empresa ListenX, especializada em music branding, explica como a música pode influenciar a experiência, e decisão, na hora da compra

Por Alexandre Casanova*

 A música é um elemento essencial na vida e no cotidiano do ser humano e, em alguns casos, é algo fundamental. Hoje, é comum vermos reportagens que destacam os benefícios que a música traz. Esportistas usam-na para se estimularem antes de uma competição importante; estudantes ouvem suas músicas preferidas para baixar a tensão antes de provas e vestibulares; adultos escutam a música para relaxar e terminar em alto astral mais um dia de trabalho: enfim, a música surge como uma ferramenta da psicologia que melhora a qualidade de vida através do aprimoramento das necessidades físicas, emocionais, mentais, sociais e cognitivas.

Várias pesquisas e estudos realizados recentemente concluíram que a música tem sim finalidades terapêuticas, estimulantes e relaxantes. Agora, traga este cenário para o varejo e imagine: como o atendimento ao consumidor pode ser diferente com a utilização da música e quais sensações agradáveis o cliente pode sentir no momento da compra?

A música, como forma de arte, trabalha com os hemisférios cerebrais e promove o equilíbrio entre o pensar e o sentir. A melodia é responsável por trabalhar, entre outros pontos, com o emocional, unindo a harmonia com o impulso de nossas atitudes.

A musicoterapia explica muito sobre como uma melodia mexe conosco, causando reações e até sensações indescritíveis. Se puxarmos o conceito e os benefícios da musicoterapia para o cotidiano perceberemos como nossos ouvidos, e cérebro, são responsáveis por muitas decisões de compra.

No entanto, a música é um elemento que não se limita apenas aos consumidores e atinge também os funcionários dos estabelecimentos. Funcionário alegre e satisfeito com o ambiente de trabalho é sinônimo de cliente contente e fiel. Por isso, a música consegue auxiliar uma marca a mostrar seus atributos atingindo aspectos como prestatividade, atenção, simpatia e sinceridade, fatores preponderantes para um cliente permanecer mais tempo em uma loja ou voltar a ela no futuro.

Os aspectos citados acima precisam ser trabalhados pela loja, pois são eles que farão os clientes se sentirem ””em casa”” na hora das compras, já que esta experiência precisa ser prazerosa, feliz, sem transparecer nenhum tipo de estresse, com a música certa no momento certo. Só assim é possível uma marca exaltar seus atributos e se comunicar de forma eficiente com os clientes e também com os funcionários.

*Alexandre Casanova é diretor-presidente da ListenX, empresa líder no Brasil no mercado de music branding.