Funcionários chantagistas

Funcionários chantagistas

por 13/06/2006

Recebi de um assinante do Fax  “Motivação & Sucesso” de Porto Alegre, a sugestão para desenvolver um tema que o tem preocupado muito. Trata-se de pessoas que nas empresas fazem “chantagem” com chefes e subordinados através do uso privilegiado e exclusivo de informações que nunca são compartilhadas.


Diz ele que “alguns empregados e até executivos de alto nível, usando das informações do cargo ou da empresa, portanto que não lhes pertence, garantem seus cargos e ou empregos fazendo ””chantagem””. São pessoas que não participam a ninguém o seu trabalho. Não treinam. Não dividem conhecimento. Não participam e não são transparentes. Se houver algum papel importante na empresa é com ele que está a única cópia que não mostra a ninguém…. 


Se orgulham quando são chamados para explicar o que somente eles sabem e o fazem com ar de superioridade e mesmo assim, nunca explicam tudo o que sabem….  Nunca tiram férias e se orgulham de serem imprescindíveis…. Nas reuniões, chegam sempre atrasados para demonstrar que esta só deve começar quando eles chegarem…. Ameaçam demitir-se caso não sejam atendidos e ficam cada vez mais fortes cada vez que seus chefes cedem à sua chantagem….


Se têm subordinados, os membros de sua equipe não têm acesso a nada e só cumprem as ordens sem saber o que, de fato, estão fazendo…. Se é um executivo, não se reúne. Trata os assuntos individualmente resultando em ninguém saber qual é o objetivo realmente almejado….”



O prezado assinante tem toda a razão! Essas pessoas, inseguras na verdade,  e que como ele mesmo diz “tentam ser a chave única do cofre…”  precisam enxergar o papel ridículo que fazem. E seus chefes têm que enxergar também que estão sendo constantemente “manipulados” e dar um basta a esse tipo de comportamento que só traz prejuízos crescentes à empresa e ao ambiente de trabalho. Chefes que cedem à pressão desses “chantagistas” ficam igualmente vulneráveis e desprestigiados por sua equipe.



Nesta semana, gostaria que você pensasse sobre o tema dos “chantagistas” e verificasse se você chefe não está, de fato, nas mãos de alguns deles. Se estiver, livre-se deles antes que seja tarde demais. Se você, por acaso, for um desses “chantagistas”, mude enquanto é tempo. Todos sabem da sua vulnerabilidade e mais cedo ou mais tarde você vai “cair do cavalo” com toda a sua empáfia e desejo de ser indispensável.


Saiba que hoje os tempos são de trabalho em time, equipe. Ninguém é seguro no emprego a não ser compartilhando, envolvendo as pessoas e sendo “suportado” por quem está embaixo.