Consumo: Geração Y está cada vez mais infiel às marcas

Consumo: Geração Y está cada vez mais infiel às marcas

por 11/04/2012

Empresas precisam aprender a lidar com a inconstância dos consumidores nascidos a partir de 1984. Estudo mostrou que eles trocam de mídia 27 vezes por hora; o que fazer?

 Um estudo da Time Warner, realizado pela Innerscope Research, revelou que a chamada ”Geração Y” (nascidos a partir de 1984)  troca em média 27 vezes de mídia por hora (fora do expediente de trabalho). O dado é maior que o registrado com os ”imigrantes digitais” (a geração anterior que presenciou a transição das mídias), que muda de mídia 17 vezes em 60 minutos. 

Os resultados da pesquisa servem de alerta para as marcas: elas têm de se adaptar a um público cada vez menos fiel a uma ou outra mídia. “O público alvo ficou mais rápido, e a janela de tempo que a empresa tem para conseguir chamar a sua atenção se tornou bem menor”, afirmou o CEOda Innerscope Research, Carl Marci.
 
Uma das possíveis soluções para essa volatilidade é cercar o consumidor. O público que migrar de uma mídia para outra seria atingido por comerciais de uma marca, desde que permaneça no mesmo ”conteúdo”. Por exemplo, uma empresa poderia publicar um anúncio em uma revista, e quando o consumidor acessar o site da publicação, teria uma propaganda em vídeo de alguns segundos e também um aplicativo para smartphone.
 
Outra pesquisa realizada nos Estados Unidos, pela Nielsen, mostrou que 45% dos proprietários de tablet fazem uso de seus aparelhos enquanto assistem a televisão. 26% deles repararam na troca de atenção entre um aparelho e outro. “Se temos consumidores que permanecem por pouco tempo em vários tipos de mídias, precisamos aprender a nos comunicar através de mensagens curtas”, afirmou Patti Wakeling, diretora Global de mídia na Unilever, uma das marcas que patrocinou a pesquisa.
*Notícia originalmente publicada no site AdNews.