Um olhar retrospectivo sob 2004

Um olhar retrospectivo sob 2004
agosto 16 08:00 2005

Matéria autorizada, publicada sob direitos da revista Music Trades – janeiro de 2005


Os profissionais dos diferentes segmentos da indústria de instrumentos musicais, de maneira geral, discordam em alguns aspectos. No entanto, nestes últimos quatro anos, desde que o ar quente foi expelido da bolha “ponto.com” e a bolsa de valores perdeu um pouco de sua liderança representativa, houve um tema em que todo mundo pareceu estar de acordo: a conquista de três meses seguidos de boas vendas é quase impossível. Não importava se os produtos em questão eram sistemas de áudio, grandes pianos, instrumentos para bandas ou violões; o lamento que se escutava no setor era algo assim como “o mês de setembro foi fabuloso e outubro, muito melhor. Mas em novembro continuamos lutando, mas renunciamos aos nossos lucros.” De uma ponta a outra do país, esse ritmo de “um passo para frente e dois para trás”, que se dava nos lugares de venda, freou efetivamente o vasto crescimento da indústria. Como resultado, durante os últimos quatro anos, as vendas efetivamente marcaram o compasso, movimentando-se justamente abaixo da marca dos US$ 7 bilhões. Agora que o ano de 2004 chegou ao fim, parece que a ressaca induzida dos anos 90 está se dissipando e a indústria finalmente está ganhando impulso para frente.


Os otimistas são geralmente contestados por simplistas, cegos ou simplesmente por estúpidos. Corremos o risco de sermos assim, categorizados, não porque sejamos particularmente valentes, mas simplesmente porque os dados que levantamos dificultam o fato de não se sentir otimista em relação ao cenário atual. Não estamos falando aqui de pressentimentos, “intuição de mãe”, nem de outros sentimentos difíceis de comprovar; estamos tratando somente com os fatos. Nosso estudo trimestral sobre as vendas de um amplo setor de varejistas mostrou lucros consistentes durante este ano, indicando que em 2004 as vendas industriais deveriam terminar com um incremento de 4% a 5% a mais do que no ano anterior. Este crescimento do varejo foi influenciado por incrementos similares nas importações de todas as categorias de produtos, mostrando que os fornecedores estão trazendo mais produtos para manter forte a competitividade. As tendências econ

Comentários
Leia também:  Mercado de Música precisa olhar para o jovem
view more articles

About Article Author

MM
MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles