Sob medida

Sob medida
julho 10 13:39 2009

Sob medida
Após anos de experiência, o empresário Antônio Carlos de Miranda decidiu montar seu próprio negócio e aquecer o comércio local de Minas Gerais

O segmento de áudio e instrumentos musicais está repleto de histórias de sucesso, sobretudo quando o assunto é montar um negócio e ser dono do próprio nariz. Porém, a experiência é um pré-requisito para que o sonho se torne um êxito profissional. Muitas vezes, o vendedor faz uma extensa carreira no comércio, o que lhe rende boas chances para seguir adiante com sua própria loja. É o caso de Antônio Carlos de Miranda, que depois de 27 anos atuando como gerente, criou a Dream Instrumentos Musicais. O resultado foi um magazine bem equipado e com bons parceiros. Hoje ele tem duas lojas, uma em Pará de Minas e outra em Sete Lagoas, ambas no Estado de Minas Gerais. A Música & Mercado conversou com o proprietário.

Como surgiu a ideia de montar a Dream Instrumentos Musicais?
Trabalhei no segmento de instrumentos musicais e áudio durante 32 anos. Nesse período, foram 27 anos na gerência. Durante essa época foi nascendo e crescendo o sonho de ter o meu próprio negócio e a Dream foi a concretização desse sonho. Posso colocar em prática as minhas ideias, meus conceitos comerciais e a minha própria identidade profissional e, a partir dela, a empresarial.

Por que escolheram Pará de Minas?
Desde a época dos bandeirantes, Pará de Minas era conhecida como ‘Parada de Minas’, pela sua localização central e de fácil acesso a outras regiões do Estado. Hoje é uma cidade polo no que diz respeito ao comércio e agronegócios. Além disso, toda a região apresenta uma vertente para o lado musical. O comércio da região é estruturado e diversificado, não deixando nada a desejar em relação à capital e a grandes cidades. Segue o conceito básico da descentralização do comércio, que elimina a necessidade de o consumidor ir até a capital. Em Pará de Minas está a maior casa de shows do Estado (a Girus Disco Shows) e uma das maiores do Brasil, fazendo da Dream o caminho mais curto entre o músico e seu instrumento.  

Leia também:  2º Barkley Smooth Jazz Festival

Quais foram as dificuldades do início do negócio? Na prática, as coisas foram como vocês pensavam?
Pela minha experiência no segmento, conseguimos diminuir essas dificuldades. Mas elas sempre estarão presentes em qualquer segmento. O comércio é uma escola eterna, o importante é estar atento às lições. Temos a cumplicidade de nossos colaboradores, a confiança e o respeito de nossos fornecedores e, principalmente, a aceitação, o carinho e a parceria da cidade e da região, que acreditaram no projeto Dream.

É possível praticar boas margens? Como é a concorrência na cidade?
Hoje, com a internet, a concorrência não é só local. Quem dita as regras é o próprio mercado. Procuramos ter com nossos fornecedores a melhor condição de compra  para poder repassar ao consumidor preços competitivos de mercado. A concorrência sempre existirá, não importa se é no mesmo quarteirão ou a quilômetros. Para se manter no mercado é preciso ter diferencial.

Qual é o perfil dos consumidores da Dream?
O consumidor do interior do Estado é diferente do da capital, mas o músico tem as mesmas exigências em matéria de qualidade e atendimento. Nossos consumidores são músicos-solo, duplas e bandas de baile, igrejas e empresas de sonorização.

Qual é o diferencial da empresa? Como vocês conquistam o cliente?
Nosso diferencial foi ter acreditado em uma empresa fora da capital, com os mesmos produtos de primeira linha, geralmente encontrados somente em grandes centros comerciais. O fato de nosso cliente ser um artista faz dele uma pessoa mais sensível, que exige atendimento personalizado, mix de produtos variados, qualidade e segurança. Além disso, para divulgar e conquistar nossos clientes, levamos a loja até eles, pois mantemos uma equipe de consultores de vendas que visitam periodicamente as cidades da região.

Como vocês se mantêm informados sobre as novidades e lançamentos?
Procuramos estar sempre em contato com sites atualizados pelos nossos fornecedores, feiras, revistas especializadas etc.

Qual é a principal estratégia para o crescimento?  
Aumento na grade de produtos de acordo com a demanda do mercado, mantendo junto com nossos funcionários um bom atendimento e atualização. Estamos trabalhando para atender melhor o nosso consumidor e expandir nosso mercado.

Leia também:  Krest na África do Sul

Pretende abrir outras lojas?
Hoje estamos com duas lojas (Pará de Minas e Sete Lagoas). Estamos nos estruturando para ingressar no mercado virtual. Após a solidificação do comércio pela internet, pensaremos em novos projetos.

Qual é o produto que mais vende?
Nesses 32 anos de mercado, o violão continua sendo o campeão de vendas. Talvez seja o fator preço e também é o instrumento de iniciação musical, que vai fazer com que o usuário descubra sua verdadeira identidade musical.   

Qual é a participação dos produtos importados no mix da loja?
O importado tem uma participação significativa, de mais ou menos 70% em nosso mix de produtos.

Como você avalia o mercado de áudio e instrumentos musicais atualmente?
Instrumentos musicais com preços mais populares apresentaram uma redução maior de preços, independentemente das taxas cambiais. Já os instrumentos considerados top apresentaram uma redução em razão da elevação das taxas cambiais. O mercado de áudio está sofrendo as consequências da mudança dos prefeitos, do excesso de chuvas no Estado, que acabou causando o cancelamento de vários shows, exposições etc.

Como é feito o marketing em seu negócio?
Procuramos divulgar nossas lojas por meio de rádio, televisão e jornais das regiões em que estamos instalados. E praticamos o chamado marketing direto, com nossa equipe de consultores de vendas externas, pois, independentemente de o cliente precisar de um orçamento, fazemos visitas periódicas a escolas, igrejas, bandas e pessoas físicas.

Vocês estão trabalhando também com escolas de música e espaço para workshops? Como funcionam?
Trabalhamos intensamente em parcerias com escolas de música, oferecendo condições e atendimento diferenciados. Levamos a loja até as escolas. Em relação aos workshops, tivemos algumas experiências nos anos anteriores, mas estamos organizando e projetando realizações para o segundo semestre, pois queremos eventos específicos para cada perfil de consumo que as nossas lojas apresentam.

Leia também:  Musikmesse 2012: Sessão de autógrafos e shows confirmados

Estão sentindo os efeitos da crise financeira mundial?  
Não importa o tamanho da empresa, a crise afetou todo o mercado, principalmente porque trabalhamos com produtos importados. Mas temos de olhar pelo lado positivo. A crise está tornando o consumidor mais cauteloso, obrigando o lojista atento a ser mais criterioso na compra e nas vendas a crédito. Também estamos aprendendo com ela.

Como é a parceria com seus fornecedores? Existe alguma dificuldade?
Temos um bom relacionamento com nossos fornecedores, pelo próprio tempo em que atuamos. Acreditamos que um bom produto precise de uma boa vitrine. O trabalho e o respeito existem de ambas as partes, esse é o significado de uma parceria. A única dificuldade é que os fornecedores não dão 100% de desconto (risos).

Há alguma informação importante que você gostaria de acrescentar?
Nossa opção pessoal por este mercado se deu, primeiro, em razão da alegria e satisfação que temos de atuar nele, e não pelo lado da lucratividade. Existem segmentos comerciais mais lucrativos e com resultados mais rápidos, mas não nos traria felicidade. Nessa nova caminhada, agora como empresários, aproveitamos para agradecer aos nossos fornecedores pela parceria, aos nossos clientes por acreditarem em nós, aos empresários do ramo que estão nos apoiando e aos nossos funcionários, que nos ajudam a concretizar o sonho.

Participação:                                                   
Sopro – 8%
Cordas – 33%
Áudio e tecnologia – 22%
Acessórios – 5%
Percussão/baterias – 6%
Teclas – 26%

Dream Instrumentos Musicais:

Nome completo dos proprietários: Antonio Carlos de Miranda
Números de funcionários: para as duas lojas são 14 no total
Metragem das lojas: Pará de Minas (200 m2) / Sete Lagoas (220 m2)
Endereços:
Pará de Minas:
Rua Benedito Valadares, 591 – Centro – Pará de Minas/MG – CEP 35660-000 – tel/fax: (37) 32323115
Sete Lagoas:
Rua Dr. Pedro Luiz, 643 – Loja 2 – Centro – Sete Lagoas/MG – CEP 35700-004 – tel/fax: (31) 37711816
Site: www.dreammusical.com.br

Comentários
view more articles

About Article Author

MM
MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles