Ovation retoma operações na fábrica dos EUA

Ovation retoma operações na fábrica dos EUA
julho 31 12:56 2015

Após um ano fechada, a DW, nova detentora da Ovation, reabre a produção na icônica fábrica da marca

Em janeiro passado, a Fender vendeu a KMC e todas as marcas que faziam parte dessa divisão, incluindo o braço de distribuição, a DW Drums foi uma das empresas que adquiriu diversas dessas marcas, incluindo: Ovation, Gibraltar, LP e Toca Percussion.

E no dia 4 de julho, (importante feriado que marca a independência do país) um anúncio foi feito pela direção da DW: a reabertura da fábrica da Ovation nos Estados Unidos, em New Hartford, Connecticut. O fechamento da icônica planta fabril havia sido feito em abril de 2014 pela Fender, com o objetivo de minimizar custos e equalizar as operações.

“Um local de produção nos EUA é essencial para manter a integridade da marca Ovation. E, isso também contribui para a venda dos produtos importados da marca”, disse o CEO da DW, Chris Lombardi, em entrevista à Music Trades.

O executivo ainda confessou que quando finalizou a aquisição das marcas da KMC, não sabia direito o que ia fazer com a Ovation já que a expertise da DW figurava no mercado percussivo, mas conforme ele foi visitando clientes pelo mundo, uma estratégia para a Ovation foi se formando.

Do ponto de vista do marketing, existe uma inquestionável demanda global pelos violões da marca fabricado nos EUA. Segundo a imprensa internacional, distribuidores na Europa e Japão já sinalizaram que estão interessados nesses produtos prometendo enormes pedidos.

Já com relação à retomada das operações efetivamente, Lombardi foi surpreendido ao visitar a fábrica e ver que o maquinário estava cuidadosamente preservado e praticamente pronto para a utilização. Foi por conta de alguns funcionários que esperavam a retomada das operações; e muitos outros antigos empregados também demonstraram o interesse em voltar a trabalhar no local. “Com uma equipe experiente, o equipamento no lugar e uma forte lista de pedidos, a decisão foi fácil. Retomar a produção foi apenas uma questão de implementar um sistema, ligar a eletricidade e negociar contratos”, disse Lombardi.

Leia também:  Amazonia Live apresentou show inédito em palco flutuante

De acordo com Bill Xavier, gerente de produtos contratado para a produção norte-americana, os primeiros modelos a serem produzidos serão uma ‘continuação’ da famosa linha  ‘Collectors Series’; ele também disse que estão sendo planejados instrumentos muito especiais para quem realmente aprecia os Ovation.

O CEO finalizou dizendo que apesar de violão e bateria serem mercados muitos diferentes, tanto a Ovation quanto a DW tem uma fundamental característica compartilhada: “Ambas foram fundadas para oferecer produtos inovadores que buscavam questionar o senso comum. Com a fábrica de New Hartford em plena atividade, estou extramente excitado em dar continuidade  à essa grande tradição da Ovation”.

A marca não está com distribuidor no Brasil.

Fonte: Music Trades.

Comentários
view more articles

About Article Author

Redacao MM
Redacao MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles