Os 4 pilares para o sucesso

Os 4 pilares para o sucesso
Fevereiro 07 11:42 2007

Nesta primeira matéria da série, veja como trabalhar o conceito de sua loja e torná-la mais atrativa para o consumidor


Na edição passada, entendemos que cada vez mais é preciso nos diferenciar para conquistar e fidelizar nossos consumidores. E que esta tarefa não se limita a termos bons vendedores, um mix de produtos completo ou preços competitivos.
Precisamos oferecer uma solução completa, que atenda às expectativas e necessidades do consumidor, tanto as que ele já conhece, como as que ele ainda nem imagina que são importantes para a sua vida.
Para trabalhar eficientemente neste objetivo é preciso potencializar todos os fatores que influenciam o consumidor. E mais, profissionalizar todas as células envolvidas no segmento. Podemos perceber esta nova tendência no posicionamento das indústrias, na estrutura dos centros educacionais, nos trabalhos dos artistas influenciadores do mercado e nos meios de comunicação do segmento. Sem falar dos ótimos resultados de alguns lojistas que reinventaram sua forma de empreender.
Existem aspectos fundamentais para o sucesso do negócio, e convido-o a enxergá-los como pilares para a construção desse sucesso, tornando os alicerces de sua loja muito mais fortes.


Pilar 1 Loja conceito
A partir desta edição abordaremos cada pilar, buscando sempre a melhor prática ou solução para o seu negócio, ajudando-o a vencer os desafios do mercado moderno. Para começar, falaremos sobre loja conceito.


Imagine uma loja de artigos de surfe que oferece serviços, como uma van para levar os esportistas para o litoral, que tenha um espaço para o cliente degustar sucos e sanduíches naturais, enquanto ele decide o que irá levar. Ou uma loja que, além de vender roupas, flores e frutas exóticas, oferece um restaurante com cardápio superdescolado, em meio a um espaço de refinamento e descontração. Ou, ainda, uma loja de artigos esportivos com grandes corredores, permitindo que o consumidor teste o produto em um ambiente com aromas e sons que façam com que ele se sinta em uma trilha ecológica.
Imagine tudo isso em harmonia, no mesmo conceito, criando uma atmosfera na qual o que se vende mais do que os produtos que estão expostos é a ‘experiência’. Em um espaço onde o cliente se identifica, ele se sente à vontade. E deixar o cliente à vontade é a grande sacada para uma venda.

Leia também:  Yamaha divulga datas de workshops gratuitos

Criar um ambiente favorável
Lojas que criam um ambiente favorável para a experiência de compra são lojas conceito. Um empreendimento que busca se identificar com seu consumidor, desde a localização, passando pelo visual externo e interno, equipe de vendas e serviços oferecidos.
Para criar este ambiente de entretenimento, a loja deve mudar seus espaços freqüentemente, a forma como expõe seus itens, dando destaque a produtos diferentes, fazendo com que o consumidor que visita o espaço encontre sempre algo novo. Muitos deles voltam não só para comprar, mas para encontrar uma novidade. Criam em suas mentes a referência de que aquele estabelecimento está sempre alinhado às novidades do mercado.


Lojas conceito estão se tornando uma forte tendência no varejo mundial, pois criam um ambiente que proporciona muito mais do que conforto para o cliente, fazendo-o com que se sinta integrado. Dessa forma, ele passa mais tempo na loja, e esse é um princípio eficaz de vender mais. Até porque é preciso levar em conta que no cotidiano moderno cada vez há menos tempo para o lazer e, com isso, torna-se mais comum as pessoas saírem às compras procurando diversão e relaxamento.
Em uma loja conceito, os consumidores podem experimentar, sentir e viver a atmosfera do produto em um espaço que atenda às suas expectativas de compra, lazer, cultura e informação, fazendo com que este momento seja facilmente revertido em compra.


Amanda Prado de Felicio é gestora de Marketing e Comunicação no mercado musical. E-mail: [email protected]


Aspectos da loja conceito
– Sua loja é a sua maior vitrine: torne-a atraente, estimule o consumidor a querer entrar, a querer conhecer.
– Ofereça serviços, espaços únicos: mostre ao consumidor que a loja foi feita para ele.
– Exponha todos os produtos: deixe seu cliente se surpreender com a variedade de produtos e soluções da sua loja.
– Crie um fluxo de visitação, trabalhe seu PDV com técnicas de merchandising, crie seções de produtos, facilite o processo de identificação do consumidor com o seu produto.
– Identifique os produtos, ofereça informações adicionais (culturais) sobre ele – o consumidor gosta de conhecer os diferenciais de sua compra.
– Esqueça o ‘não mexa’: a ordem agora é quanto mais o cliente pegar, mexer e experimentar, melhor. Quanto mais ele estiver em sintonia com o produto, maior a chance de comprá-lo. O grande sucesso da loja conceito é integrar o consumidor ao produto e ao seu ambiente, criando fortes laços de relacionamento e consumo.
– Todo ano, a NAMM (em Anaheim, nos Estados Unidos) expõe um estande específico de como eles entendem ser uma loja conceito. Visite o site www.namm.com para saber mais sobre o assunto.

Leia também:  Telefonia On Line: essa moda pega!

O sucesso da loja conceito está em integrar o consumidor ao produto e ao ambiente

Comentários
view more articles

About Article Author

MM
MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles