Music China – A vez da gigante mundial

Music China – A vez da gigante mundial
setembro 12 15:17 2006

Edição 2006 da feira de música na China deve se consolidar entre as maiores do mundo em tamanho e novas tecnologias

Se a bola da vez é a China no mercado internacional, durante o mês de outubro, o país asiático ficará ainda mais em evidência no setor musical. A Musikmesse realiza, entre os dias 18 e 21 de outubro, a Music China, no Shanghai New International Expo Centre, em Xangai, um dos maiores centros de convenção do país. A feira apresentará cerca de 800 expositores, entre fabricantes e fornecedores de produtos e serviços de mais de 70 países, em um espaço de 40 mil m2. A organização do evento estima um público de mais de 30 mil pessoas. Haverá, inclusive, uma divisão dos pavilhões por países. Estão confirmados espaços da Áustria, Alemanha, Itália, Espanha, França, Reino Unido e Taiwan.


Até o fechamento desta edição, a Messe Frankfurt estava em negociação com algumas empresas brasileiras e confirmou a presença da Orion Cymbals na Music China. Por conta da distância, para a indústria nacional, a feira chinesa é um evento mais focado em visitação e negócios do que exatamente na exposição de produtos, já que é uma oportunidade única de conhecer as novidades do setor, principalmente em tecnologia. Afinal, o mercado chinês é o que cresce mais rápido no mundo.


O visitante encontrará de tudo para todos os gêneros musicais, do rock pesado ao pop moderno, passando pelos mais variados estilos de música. Guitarras, baixos, amplificadores, pianos clássicos, instrumentos de corda e sopro e muitos acessórios de todos os tipos poderão ser vistos por músicos, revendedores, distribuidores da China e de várias partes do mundo.

Em conjunto com a Music China ocorrerão apresentações especiais de novos produtos e seminários sobre tendências da indústria mundial de instrumentos musicais, coordenados por especialistas e acadêmicos chineses e internacionais.

Feira de negócios
Fabricantes e fornecedores do segmento de áudio e instrumentos musicais de todo o mundo já estão se preparando para esta quinta edição da Music China, a fim de revelar seus lançamentos, esperando que os resultados sejam tão favoráveis como na edição anterior, em 2005. Muitos dos maiores nomes do mercado mundial já confirmaram presença no evento, como Pearl River Piano, KHS, Yamaha, Roland, AXL, EMD, M-Audio, entre outros. Para conferir a lista completa de expositores, visite www.musikmesse.com.

A feira é uma grande oportunidade de encontrar não só músicos e interessados, mas, acima de tudo, fabricantes, importadores, exportadores e distribuidores, que servem a uma ampla rede de lojistas e representantes, além de pessoas ligadas a bandas, fanfarras, instituições de ensino e divulgação da música. “Desde que começamos a participar do evento, organizamos a distribuição na China, nomeamos profissionais e começamos a fazer um barulho significativo na Ásia. No futuro, esse será o principal evento do ano para nós”, disse Alistar Hanson, da Hanson UK.

Leia também:  Musical Roriz é a distribuidora de todas as marcas do Buffet Group

Quem participou em 2005 e voltar à China este ano perceberá espaços mais amplos, uma vez que a feira agora terá quatro pavilhões, complementados por alguns estandes do lado de fora, como aconteceu nos anos anteriores. “Nosso espaço extra está sendo preenchido rapidamente”, comemora Jason Cao, gerente-geral da Messe Frankfurt na China. “Muitos fabricantes estão adquirindo estandes bem maiores para aumentar o impacto de sua presença, pois sentiram que o resultado é excelente”, complementa Cao.

Em 2005, cerca de 40 mil pessoas, entre empresários e consumidores, participaram da Music China, que se consolidou como o principal evento da indústria de instrumentos musicais na Ásia. A avaliação do público na edição passada, segundo a organização da feira, foi muito satisfatória: 98% dos visitantes afirmaram que têm interesse em voltar à Music China 2006, e 94% disseram que recomendariam a feira para parceiros comerciais e outros fabricantes. “A Music China alcançou um novo estágio de crescimento este ano. Todos os pontos mostram maior profissionalismo, entre eles a qualidade dos estandes e dos expositores, além da ótima organização”, diz o executivo da JA Musik GmbH, Martin Matthies, empresa expositora em 2005.

Para as empresas e profissionais ligados ao segmento de áudio e iluminação, acontece paralelamente à Music China a Prolight + Sound Xangai, com plataformas internacionais trazendo as novidades em música, tecnologia e entretenimento. Estão confirmados 150 expositores de diversos países.

Parceria com a NAMM
A Associação Norte-Americana dos Produtos de Música fechou um acordo com a Associação Chinesa de Instrumentos Musicais (CMIA, na sigla em inglês) para promover uma expansão da oferta interna de produtos do segmento musical. Como parte do acordo, a NAMM servirá como Parceiro Internacional de Co-operação do evento na China. Nesta função, a associação norte-americana produzirá e desenvolverá cursos profissionalizantes da NAMM University durante a Music China e trabalhará em parceria com os organizadores CMIA, INTEX e Messe Frankfurt. N

Alemanha prepara novidades
Aproveitando o embalo com a realização da Music China, a Musikmesse, maior feira do trade na cidade alemã de Frankfurt, realizada também pela MesseFrankfurt, adianta suas novidades para 2007. Com mais de 75 mil visitantes em 2006, deve aumentar o número de público no próximo ano. Um dos grandes diferenciais da Musikmesse é a participação no desenvolvimento da música para a população, com a organização de um concurso e de mais de 200 concertos ao vivo, além de seminários, eventos para jovens talentos e seções de autógrafos, oferecidos nos palcos e nos pavilhões durante os quatro dias de feira.

Leia também:  Expomusic 2011: Quanta Music com descontos de até 50%

A Musikmesse promove também cerim

Comentários
view more articles

About Article Author

MM
MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles