M-Force e SuperSub no festival Coachella 2018

M-Force e SuperSub no festival Coachella 2018
maio 05 14:16 2018

Novo design de subwoofer SuperSub da Rat Sound, potencializado pelo M-Force da Powersoft, fornece nova dimensão em baixa frequências para o som do festival.

SaharaTent copiaNo Coachella 2018, a experiência em engenharia da Powersoft Audio se manifestou através de uma amostra sem precedentes de propagação de onda sonora de super baixa frequência para centenas de entusiasmados fãs da música. No espaço Sahara Tent, talvez o maior palco do mundo para a música EDM uma vez no ano, os organizadores do festival superaram os limites do possível no design de som com uma montagem de caixas SuperSub da Rat Sound — cada uma contendo o inovador motor linear de ímã móvel M-Force da Powersoft.

“Estamos encantados que a nossa tecnologia M-Force esteja mais uma vez na frente do design de som no Coachella, desta vez desempenhando um papel essencial para que centenas de fãs possam desfrutar e interagir nesta grande experiência de áudio para festival”, comentou Francesco Fanicchi, diretor de marca e comunicações da Powersoft. “Está validando especialmente o trabalho da nossa equipe de engenharia, sabendo que podemos levar uma experiência de som massiva a novos níveis por meio de nossa inovação e design.”

Dave Rat, da Rat Sound Systems Inc., que tem tido um papel importante nos sistemas de som do Coachella por 19 anos consecutivos, criou e instalou os subwoofers SuperSub SDS30, que forneceram frequências graves massivas e consistentes para as centenas de fãs que estiveram no espaço Sahara Tent.

Festival em movimento

À medida que o próprio Coachella tem crescido e mudado em quase duas décadas, Rat também presenciou a evolução das necessidades do som. “O Coachella tem crescido bastante ao longo dos anos, e provavelmente é um dos eventos mais desafiadores do mundo da perspectiva do som”, disse. “O desafio são as áreas de cobertura massiva, minimizando o som fora do campo e a necessidade de consistência e qualidade de primeiro nível.” Essas demandas únicas têm provado ser um terreno apropriado para superar os limites das tecnologias de áudio. Isso inspirou a Rat para usar a potência do M-Force da Powersoft no seu subwoofer SaharaTent copiaSuperSub, marcando um novo padrão na atuação de graves no processo.

Leia também:  Debuta no Brasil a série de line array VTX A12 da JBL

Menos equipamento, mais volume
Rat montou sistemas para sete dos palcos do Coachella que utilizavam alto-falantes da L-Acoustics, incluindo K1 e K2 como unidades principais e subwoofers L-Acoustics KS28. O Sahara Stage só apresentou um sistema, com um total de 252 alto-falantes. Ele sabia que precisava de alguma coisa a mais no espaço anteriormente nomeado para dar aos assistentes uma experiência verdadeiramente única e memorável. “Acho que para qualquer situação ou espaço de reforço sonoro ao vivo, a baixa frequência é a chave para conectar o artista com a audiência fisicamente”, disse. “Para uma imersão total na música, você tem que poder sentir o som.”

Foi então que o SuperSub SDS30 entrou em cena. Com 32” x 32” x 42”, o SuperSub é menos de 25% maior do que um duplo 18” popular de classe mundial, mas fornece significativamente mais saída em frequências muito mais baixas. “O SuperSub tem o mesmo volume que dois ou três duplos 18” de alta qualidade, mas ocupa praticamente o mesmo espaço no caminhão de transporte que apenas um”, disse Rat. Isso não só permite a Rat entregar graves tremendos de um pacote enganosamente pequeno, mas também poupa espaço significativo no transporte. “Você multiplica o nível de potência e, devido ao fato de serem autoamplificados, pois incluem racks de amplificação, você obtém cerca de 50% de economia no espaço dentro do caminhão. Então, estamos usando menos espaço tanto debaixo do palco quanto no caminhão, o que é uma vantagem enorme. Menos equipamento, mais volume de som!”

Design inspirado
“Minha inspiração para o design do SuperSub veio depois de ver o produto de motor móvel M-Force da Powersoft”, lembra Rat. O M-Force, um transdutor inovador baseado em uma estrutura de motor linear com ímã móvel patenteada que difere de uma bobina móvel tradicional, aproveita seu design único para fornecer direção de potência destacada, conversão eletromagnética, confiabilidade e SPL máximo. “Tenho trabalhado há um tempo com o uso de tubos de metal e de madeira no design de alto-falantes, e ao ver o produto M-Force e outros designs de caixas que têm sido construídos com esse produto, senti que podia fazer algo especial com ele.”
Rat explica como seu design de caixa único maximiza também o funcionamento do M-Force: “Se você olha uma linha de gás de SaharaTent copiaalta pressão ou uma linha de água de alta pressão, ambas estão em tubos porque um tubo não se expandirá nem contrairá. Você pode pegar uma caixa retangular construída com madeira de 2” de espessura, montar um alto-falante com suficiente potência dentro dela, e a parede se dobrará e vibrará. Mas se você montar esse mesmo alto-falante de alta potência em um tubo de metal, a quantidade de expansão e contração do tubo será em frações de um milímetro no lugar de meia polegada ou um centímetro. Então, colocando o motor M-Force no tubo e o tubo em uma caixa quadrada, e com as portas nas pontas, posso obter portas realmente largas em uma caixa muito rígida de alta qualidade. Essa rigidez, falta de ressonância de caixa, longa longitude de porta e design de caixa passa banda se combinam para criar um subwoofer atraente com resposta de baixa frequência incrível, saída muito alta, e saída clara e definida na amplitude de banda superior.

Leia também:  Powersoft anuncia nova versão do software Armonía Pro Audio Suite

Potência em Graves

Com 18 SuperSub localizados na frente e no centro e complementando o massivo sistema L-Acoustics, Rat pode fornecer um reforço de grave único e potente. Além do funcionamento de som pico, o motor M-Force fornece ao SuperSub outro atributo valioso: confiabilidade. “Estamos fazendo dois fins de semana, cada um de três días, com 185 bandas por fim de semana”, explica Rat. “Combinado com os fatores ambientais, como temperatura — tanto dias quentes quanto fríos —, vento, tormentas e a grande SaharaTent copiaquantidade de horas, realmente a gente precisa de um subwoofer resistente.” O SuperSub e seu motor M-Force resistiram até as condições mais exigentes, atuando sem nenhuma complicação ao longo de toda a extensão do festival.

Uma grande saída não é o único objetivo sonoro do SuperSub. “Procuramos cobertura ótima, uma experiência de baixa frequência melhorada e memorável”, disse Rat. “A força magnética incrível do M-Force tem um alcance mais rápido e mais forte do que qualquer alto-falante duplo de 18” ou 21” que tenho ouvido.” Sua profundidade contundente e controlada fornece impacto suficiente para Rat e sua equipe.

“Para Coachella em particular, colocamos muita atenção no controle de baixa frequência”, disse Rat. “Estamos tentando saturar a audiência sem que o som vá para lugares que não queremos. Não queremos que os escritórios de produção sejam ruidosos, por exemplo, e não queremos que pessoas a muita distância escutem e reclamem. Nossa preocupação não é só dar aos assistentes uma experiência para curtir e lembrar, mas também respeitar os vizinhos e a comunidade contígua minimizando o som projetado fora do prédio. Não é uma tarefa pequena nem simples contrabalançar esses dois aspectos muito importantes.”

Comentários
view more articles

About Article Author

Redacao MM
Redacao MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles