Krest na África do Sul

Krest na África do Sul
novembro 17 10:28 2006

A Krest Cymbals tem no marketing um dos pilares dos bons resultados que vem colhendo em apenas três anos de mercado. “Divulgar a marca e os produtos é fundamental para sobreviver no mercado hoje”, avalia o diretor Natálio Alves de Oliveira. A marca, que em 2005 cresceu 30%, deve manter-se na faixa dos 20% de evolução este ano. Mas a grande novidade é que a empresa fechou uma parceria com um distribuidor da África do Sul e deve passar a exportar seus pratos para o país.


Música & Mercado: Como aconteceu o contato com o  distribuidor africano?
Natálio Alves de Oliveira: A empresa vem trabalhando com produtos diferenciados e estamos em busca de novos fornecedores, há algum tempo. Por isso, participamos sempre de feiras nacionais e internacionais, como a Musikesse Frankfurt, a NAMM. Assim, um distribuidor da África do Sul nos conheceu e já fez o primeiro pedido, uma amostra de 300 peças da linha de latão. É importante dizer que esse trabalho nas feiras não traz resultados imediatos. O próprio exemplo do importador africano aconteceu meses depois de termos participado de feiras fora do Brasil. Até porque é preciso aparecer constantemente. Nem sempre é possível ver tudo o que uma feira oferece em uma única visita.


Como avalia o setor de pratos hoje?
O nível de consumo caiu muito no Brasil nos últimos anos, por conta da instabilidade política e das medidas econ

Comentários
Leia também:  Iatec abre curso de Produção Executiva de Shows e Eventos
 em Belo Horizonte
view more articles

About Article Author

MM
MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles