Inauguração – Crescer é preciso

Inauguração – Crescer é preciso
agosto 29 15:00 2006

Crescer é preciso


Investir bem foi a receita da Transa Som para ganhar mercado. A meta agora é colocar em prática ações locais – e de maior alcance – para ampliar as vendas


Em época de pouco dinheiro circulando, escolha entre as hipóteses: reduzir o tamanho da loja e das compras ou investir e chamar mais clientes? A Transa Som, loja do interior paulista, optou pela segunda alternativa. “Há dois anos iniciamos a construção e hoje conseguimos realizar esse sonho”, explica Junior, diretor da Transa Som. Hoje a empresa está localizada num prédio próprio de 620 m2 no centro de Salto (SP). A loja anterior tinha 70 m2, em local alugado. Uma bela mudança, que surpreendeu clientes e fornecedores. A empresa iniciou uma série de ações locais e de grande alcance para ampliar suas vendas. Entre elas, workshops como o de Kiko Loureiro e anúncios em revistas especializadas, como a Violão PRO. A Música & Mercado convidou os diretores Luzia e Junior para falar mais sobre a nova loja.


Quais são os planos de vocês agora?
Junior: Queremos nos tornar conhecidos nacionalmente. Vimos investindo em revistas do ramo, em nível nacional; patrocinando grandes eventos e fazendo workshops, pois eles aquecem o mercado. Também contamos com parcerias sinceras em anúncios e em atitudes, parceiros que estão preocupados em saber como estão sendo expostos e trabalhados os seus produtos e não aqueles que se interessam apenas em desovar mercadorias.


Que diferença administrativa vocês perceberam ao ampliar a loja?
A diferença foi brutal, pois com uma loja ampla e completa, mercadorias setorizadas e bem expostas, e uma edificação moderna na principal rua da cidade, o movimento mudou e está atraindo pessoas de todas as regiões. Tivemos de contratar mais funcionários especializados para atender melhor. Com as mercadorias setorizadas, temos de ser completos em acessórios e em equipamentos. A compra de produtos está sendo maior.

Leia também:  Javi Música distribui Eastman Music Company no Brasil

Como é o mercado da sua região?
O mercado de Salto é bom e exigente. Tudo o que fizemos nesses 19 anos, inclusive na nossa filial de Indaiatuba, foi conseguido com muito esforço e seriedade. Salto fica numa região muito bem localizada, de fácil acesso para as cidades menores da região e até das cidades grandes como Campinas, Sorocaba, Jundiaí, etc. Por essa facilidade atendemos clientes de toda a proximidade e, é claro, temos um retorno financeiro, ou não estaríamos aqui até hoje. Gostamos do que fazemos, mas precisamos ter retorno. E isso nós conseguimos.


Relacionamento
Festas consomem tempo e dinheiro, mas trazem bons convidados. Veja a lista de quem participou da inauguração no dia 20 de junho.

Marcos Brandão e Paulo Reis (Pride Music); Edvaldo (Adah); Roberto Quiraglia e Pierre (Contemporânea); Ney, Ricardo e Marcos (Tagima); Tamas (Krest); Flávio Giannini, Christian Bernard e Júnior (Giannini); Hélio e Jurandir (Antera); Milton e Álvaro (Staff Drum); Alberto e Mércia (Deval), Daniel Neves (Música e Mercado) e os representantes Fábio (FDF–equipo); Gilberto (Condor); Gilberto (Condor/Onerr); Neno e equipe GV (Ciclotron, Crafter, RMV); Jair (Musical Express).

Comentários
view more articles

About Article Author

MM
MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles