Guitarras Tokai chegam ao Brasil

Guitarras Tokai chegam ao Brasil
julho 09 21:32 2015

Qual marca de guitarra fez Stevie Ray Vaughan trocar sua Fender por uma réplica? Descubra.

Era uma manhã de janeiro de 2009, na cidade de Anaheim, na California, quando Juliano Hayashida estava expondo os orgãos da Tokai numa das maiores feiras de instrumentos musicais do mundo, a NAMM Show. Os orgãos, produzidos no Brasil, da marca eram pela primeira vez mostrados para um público ávido de novidades e a expectativa era grande.

Juliano e Rodrigo Hayashida: parceria entre Tokai Brasil e Tokai Japão

Juliano e Rodrigo Hayashida: parceria entre Tokai Brasil e Tokai Japão

Em um dado momento, quando Hayashida atravessava a feira para voltar ao seu estande, notou que havia uma marca homônima a sua, expondo também na gigante feira.

Era a Tokai Guitars, legendária fabricante japonesa, que marcou história com réplicas e modelos inspirados nas Stratocasters, Telecasters, Gibson SG, entre tantas outras.

“Na hora paramos para conversar com os responsáveis pelo estande das guitarras Tokai e eles ficaram surpresos com nossa marca de teclados no Brasil.”, explicou Juliano Hayashida para a Música & Mercado.

Ano após ano a fabricante japonesa e a Tokai no Brasil mantiveram relação cordial e respeitosa quando, novamente na feira NAMM Show, de 2015, realizaram um acordo entre as empresas. “Foi acertado que a Tokai Japão irá distribuir oficialmente nossos orgãos e teclados e nós, no Brasil, a linha de guitarra deles”.

Stevie Ray Vaughan usava Tokai

Ok, atualmente tudo se produz na China e instrumentos inspirados nos modelos da Fender, Gibson e Ibanez entram em grande quantidade no Brasil. Talvez isto possa fazer você, leitor, desvalorizar o que a Tokai Guitars fez no Japão no final da década de 40.  Mas não confunda esta história da Tokai com o que ocorre atualmente. A começar pela situação do Japão, dois anos após o final da segunda guerra mundial, com a convergência da cultura ocidental permeando os países do oriente e o imaginário dos jovens da época.

Cartaz com a foto do músico. Rumores diziam que ele não havia autorizado o cartaz

Cartaz com a foto do músico. Rumores diziam que ele não havia autorizado o cartaz

A importação de produtos americanos era escassa e a necessidade de abastecer os sonhos dos músicos da época acabou tornando a Tokai Musical Instrumentos um simbolo no país. Primeiramente com gaitas de boca, seguindo por violões.

Leia também:  Avid apresenta microfone ideal para estúdios de podcast

Em 1972, a empresa fez acordo com a Martin Guitars para vender partes de violão semi-acabadas, além do modelo Sigma. No ano seguinte, a empresa iniciou suas réplicas de produtos da Martin. Ainda na década de 70, surgiram as primeiras guitarras sólidas começaram a ser produzidas em quantidade considerável.

Passado o tempo, já na década de 80, a Fender estava em uma complicada situação financeira e – acredite – a Tokai Guitars se transformou no sonho de consumo de muitos profissionas ocidentais, então convencidos pelos detalhes no acabamento e sonoridade, que a marca passou a imprimir aos músicos de todo o planeta. Sim, a empresa ficou reconhecida por fazer instrumentos, em alguns casos, bem melhores que as proprietárias das marcas originais e com o preço bem maior. Como o caso das ‘Les Paul Reborn’, réplicas da Les Paul que ficaram lendárias pelas madeiras reconhecidamente melhores que as usadas pela própria Gibson. Estas guitarras, além de raras, se tornaram peças de colecionadores.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Relação tensa

Já com a tensa situação da Fender e a fama dos produtos da Tokai em plena ascenção, a original marca americana acabou por processar na época a fabricante japonesa
Você pode achar que a história da Tokai acabaria aí, mas não. A lenda diz que, como resposta, a Tokai endossou nada menos que  o guitarrista Stevie Ray Vaughan, mestre do blues e um costumeiro tocador de Stratocaster. Foi uma revanche.

 

Passado a questão, ainda na década de 80 a Tokai foi escolhida para produzir sozinha a Fender no Japão, mas uma mudança de última hora a construção da guitarra acabou passada para outra companhia.  Porém, de 1997 a 2015 a Tokai e Dyna Gakki dividiam a produção dos produtos da Fender Japão, antes da abertura da empresa no país.

Leia também:  Conheça os pacotes de natal D

Hoje, a Tokai Guitars exporta modelos similares para todo o mundo e chega oficialmente ao Brasil através da Tokai, tradicional empresa de orgãos e pianos digitais.

“Os produtos não são baratos, eles valem o custo”, explica Juliano Hayashida, que junto de Haruo e Rodrigo Hayashida comandam a empresa. Resta agora o mercado brasileiro conhecer as guitarras que fizeram as gigantes tremer.

 


 

Fale com a Tokai

Entre em contato diretamente com a importadora.
  • Este campo é para fins de validação e deve ter sua esquerda inalterada.

 

 

Comentários
view more articles

About Article Author

MM
MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles