Arwel prepara estratégias para suas marcas

Arwel prepara estratégias para suas marcas
março 29 14:35 2018

A distribuidora está trabalhando com diferentes marcas, tendo um plano detalhado para posicioná-las no mercado local e mais novidades com a adição de uma novidade

Captura de pantalla a lasNo ano de aniversário (veja matéria na edição de janeiro/fevereiro), a Arwel continua focando o crescimento das marcas que representa no território brasileiro, entre as quais conta com uma que foi adicionada recentemente: a Grace e seus produtos de breu para instrumentos. Erico Weingrill, diretor da empresa, explica mais sobre a empresa e seus produtos nesta entrevista.

M&M: Com quais marcas estão trabalhando atualmente?

Erico: Trabalhamos com um grande número de marcas próprias, de importação exclusiva ou direta, como também indireta. Mas priorizamos o parceiro fabricante nacional, como Giannini, Rouxinol, Luen, Dember, Paganini, Torelli, Woodwork, Liverpool, Free Sax’s, Malagoli, Raij, Di Pardini, Deval, Keytron, entre outros.

Já as marcas, são muitas, além das acima citadas: Alonso, Fibracell, Captain, Bari, Anton Breton, Cremona, Giuseppi, Catala, GVC, Gonzalez Ruler, Yamaha, Rico, Remo Unicorn, Dudu Portes, Grover Allman, Nig, Canário, SG, São Gonçalo, Fenix, Omega, Travelite, Passarinho, D’Addario, Cobra, Titanium, Sound, Talwar Brothers etc.

Para a marca Grace, acabamos de fechar a exclusividade de distribuição. A partir de janeiro de 2018, faremos toda a parte comercial e de marketing da empresa para os produtos sob este selo, em que não só continuaremos a fornecer para as lojas, como também teremos condições para outros distribuidores trabalharem em igual condição à Arwel. Assim, o lojista precisa comprar um item específico da Musical Express, da Izzo ou da Deval, por exemplo, e poderá incluir em seu pedido o Breu Grace com valor exatamente igual ao praticado na Arwel, pois daremos a ele condições para, se quiser, trabalhar em igual condição.

Leia também:  Reflexões de um mercado

Captura de pantalla a lasM&M: Quais estratégias de vendas e marketing estão usando?

Erico: A principal estratégia sempre é o atendimento ao lojista com bons produtos e preços competitivos. Porém, sempre fazemos ações pontuais para incentivar o consumidor e nos comunicar melhor com o lojista. As marcas nacionais distribuídas por nós já têm uma campanha de marketing própria para o consumidor. Por menor ou maior que esta seja, temos que acompanhar e complementar com pequenas ações que geram melhor presença desses produtos para que o consumidor possa também encontrá-los na loja de sua região.

Já no caso das marcas próprias, fazemos todo o trabalho de marketing. Nossa divulgação tem sido muito bem-sucedida para as palhetas de instrumentos de sopro da Ruler, por exemplo, e também para a Gonzalez, pois a primeira, na contramão da queda do mercado, viu sua participação no mercado subir muito além do esperado por ser um produto de alta qualidade com um dos menores valores no varejo e somente acima de produtos muito ruins — as palhetas produzidas no Oriente não são feitas com a cana ideal, somente aquelas feitas com Arundo Donax (nome científico da planta) conseguem obter ótimos resultados sonoros. Já a segunda marca se manteve constante, então, se o mercado geral de palhetas teve uma retração de 40%, essas marcas conquistaram uma maior fatia, deixando-nos muito satisfeitos com nossas microações pontuais e constantes praticadas para cada uma delas.

Nosso trabalho foi notado pela marca Grace. Como a fábrica gostaria de obter resultado semelhante com seus produtos, além de poder se dedicar mais à produção para lançar novos itens nos próximos anos, a partir de 2018 ficaremos a cargo das áreas comercial e de marketing de seus produtos, em que continuaremos com o sistema de múltiplos distribuidores para atingir o maior número de lojas na distribuição. Porém, agora esses distribuidores irão repor seus estoques comprando da Arwel e não mais diretamente da fábrica. Já os lojistas terão múltiplas opções de distribuidores atacadistas com as mesmas condições de fornecimento dos que adquirem os breus Grace da Arwel.

Leia também:  Sul Music teve sua 2ª edição em Florianópolis

Captura de pantalla a lasM&M: O que é que os usuários brasileiros estão pedindo mais?

Erico: O instrumento mais vendido no Brasil é o violão, seguido por seus parentes viola, cavaquinho, guitarra e contrabaixo, com outros instrumentos de cordas, como o clássico violino, vindo até a frente de alguns parentes do violão. Então, logicamente o que mais se vende são as cordas e os jogos de cordas (sets). Na Arwel, por tradição, os acessórios para instrumentos de sopro estão numa segunda faixa, com excelente volume de procura e satisfação após o nosso atendimento, pois muitos lojistas pensam em sopro e se lembram de nós, entre outros motivos, por ter lhes dado ajuda nesta linha. Além disso, foi a nossa primeira linha de produtos em instrumentos musicais.

M&M: Como continuará o trabalho da empresa?

Erico: Pensamos principalmente no máximo esforço e na dedicação ao papel assumido de distribuidor. Seguimos lutando dia após dia para oferecer o melhor atendimento ao lojista, com produtos com qualidade e preços competitivos. Por mais que o nosso Captura de pantalla a laspaís tenha estado, nos últimos anos, num momento ruim, as lamentações não surtirão resultado, mas o trabalho, sim. Acreditamos que o trabalho dignifica e recompensa quem se esforça. Nós, da Arwel, confiamos plenamente em nossa capacidade de planejamento para gerar estratégias e transformá-las em ações que beneficiem as lojas. Temos, sim, que ter produtos para iniciantes que não querem investir muito, para amadores e semiprofissionais, como também para quem quer produtos de alta qualidade.

O elemento principal das estratégias bem-sucedidas neste momento são as minimalistas, que foram direcionadas a um determinado nicho de mercado, sem ampla expectativa de resultado, mas objetiva e focada num pequeno espaço do alvo todo. Continuaremos por essa linha!

Leia também:  O paradoxo entre o varejo físico e o on-line

Mais informações: www.arwel.com.br

Comentários
view more articles

About Article Author

Redacao MM
Redacao MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles