Adversidades superadas

Adversidades superadas
maio 12 16:04 2009

Adversidades superadas
A ML Instrumentos Musicais atua há mais de 20 anos no mercado de Alagoas e ajuda a manter vivas as tradições do Estado

Mesmo sem possuir qualquer conhecimento sobre o mercado de instrumentos musicais, Miguel Ângelo Guimarães Almeida apostou na intuição e largou o ramo de calçados para vender música.
A princípio, comercializava discos e fitas para, em 1984, introduzir na cidade de Arapiraca, interior de Alagoas, uma loja que pudesse garantir aos músicos da região os instrumentos de que precisavam.

A experiência no negócio veio com o dia-a-dia, aprendendo a trabalhar com o público, fornecedores e fabricantes. Vinte anos depois, e já com uma filial em Maceió, Almeida ainda se orgulha de ajudar a manter vivas as fanfarras e orquestras, tão tradicionais no Estado. Nem uma deficiência visual o impediu ou atrapalhou sua dedicação ao trabalho. Confira seu depoimento:

“Nossa trajetória é longa. Comecei no comércio com o ramo de calçados e confecções, em uma cidade próxima à capital do Estado. Posteriormente, em 1979, passei a residir em Arapiraca, interior de Alagoas, onde optei por trabalhar com discos de vinil e fitas cassete. Em uma das visitas a Recife, observei as vitrines da loja Musitec e isso despertou em mim a vontade e o interesse de trabalhar com instrumentos musicais, até mesmo pela carência de lojas do ramo no Estado. Mais tarde, o amor adquirido pelo ramo da música, além das amizades conquistadas, inclusive de alguns músicos, nos fizeram permanecer no ramo.

Em 1984, os instrumentos musicais passaram a fazer parte do mostruário da loja. Com o crescimento da matriz em Arapiraca (AL), surgiu a oportunidade de abrir uma filial em Maceió. No início, o negócio não deu muito certo. Somente após a nossa mudança para a cidade, em 1992, a loja passou a ter um volume de vendas maior que a matriz em Arapiraca. Em 2006, o negócio da família ganhou mais espaço com a criação da loja do nosso filho, no mesmo ramo. Esse foi outro grande desafio, mas, como já havia uma relação de confiança com os fornecedores, conseguimos montar a loja com pouco capital inicial.

Leia também:  Bends de malas prontas

No início, tivemos dificuldades com a falta de conhecimento dos próprios potenciais consumidores, visto que os dois primeiros instrumentos musicais da loja, dois violões, demoraram muito a ser vendidos. Fora isso, a relação com os fornecedores e o déficit de conhecimento na parte técnica no ramo também atrapalhavam. As grandes dúvidas ainda eram sobre o conhecimento técnico em relação aos instrumentos musicais. Após essa fase, os medos foram superados. Enfrentamos dificuldades com fornecedores devido à falta de conhecimento. Depois que o vínculo de confiança se estabeleceu, essa adversidade foi superada.

Mesmo possuindo uma deficiência visual, encarei esse problema com normalidade e seriedade. Sempre fui muito perseverante, ou melhor, insistente, contando o tempo inteiro com o apoio e a dedicação de minha esposa, Maria Lúcia Nunes Almeida. Nunca encaramos isso como um obstáculo, nem sofremos qualquer tipo de preconceito, seja por parte de distribuidores, fornecedores, funcionários ou clientes. Inclusive, o critério para escolha dos funcionários foi basicamente pela relação de confiança, visto que todo o controle da loja sempre foi centralizado em mim e na minha esposa. 

Hoje existem concorrentes em nossa região. Contudo, conseguimos manter uma relação de seriedade com aqueles que trabalham dessa forma. No ramo de instrumentos musicais, nosso maior enfoque são os instrumentos de sopro, já que os maiores consumidores são as fanfarras e orquestras existentes em Alagoas.

Entretanto, a falta de investimento na cultura musical dificultou a formação e a manutenção de orquestras e fanfarras. Apesar disso, desde a fundação da loja, notamos um crescimento desse estilo musical em várias cidades, apesar da falta de incentivo do governo em relação aos encargos tributários e na manutenção de pequenas empresas, incluindo as de instrumentos musicais.

Leia também:  Vendas e comunicação

Hoje, os instrumentos musicais representam cerca de 80% das vendas, sendo a maioria de instrumentos de sopro. Tivemos um 2008 satisfatório e esperamos crescer em torno de 5% em 2009, devido à recessão econômica que acomete o nosso País.

Apesar da falta de incentivo do governo na cultura musical, acredito que a música pode ser muito importante para a formação de um cidadão que saiba viver com dignidade e honestidade, longe dos vícios e dos riscos a que muitas das nossas crianças são expostas constantemente. Dessa forma, decidi, juntamente com alguns amigos conterrâneos, montar uma associação musical em nossa cidade natal com o intuito de formar músicos e cidadãos”.    

Proprietários: Miguel Ângelo Guimarães Almeida e Maria Lucia Nunes Almeida
Endereço: Rua Augusta, 380 – Centro, Maceió (AL) – CEP 57020-010
Telefone/fax: (82) 3326-1532
Número de funcionários: 2
Área da loja: 300 m²
E-mail: [email protected]

Comentários
view more articles

About Article Author

MM
MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles