A diferença está na inovação

A diferença está na inovação
dezembro 16 15:18 2008

A diferença está na inovação
De olho no crescimento dos negócios para este ano, o proprietário da Solid Sound faz novos investimentos e se habitua a bons resultados

A Solid Sound, que há oito anos trouxe o modelo de semicases para o mercado, aposta agora na importação de capas para expandir os negócios. A alternativa é uma resposta ao mercado cada vez mais globalizado, uma vez que os cases importados, mais baratos, alertam a fabricante. A previsão é de que a entrada no novo segmento, que já representa aproximadamente 15% dos negócios, proporcione crescimento de 20% no faturamento da empresa em 2008.
“Sempre gostei de fabricar e criar, mas senti a necessidade de entrar na importação”, diz o proprietário Paulo Peceniski. Ele revela que, há dois anos, grandes importadoras começaram a trazer estojos competitivos. A estratégia da empresa é importar capas e acessórios para o segmento popular e intermediário. Os primeiros lotes chegaram há cerca de um ano e foram vendidos em sua totalidade.

Para se manter por dentro das novidades e buscar alternativas de negócios, o empresário participa de feiras internacionais. Como os produtos importados são asiáticos, o primeiro passo para as boas negociações foi comparecer, em maio deste ano, à Palm Expo, na China. Lá foi concretizada a compra do primeiro contêiner de mercadorias. Depois disso, Peceniski voltou àquele país para visitar as fábricas e desenvolver capas já com o logo da Solid Sound. “Estamos sentindo ótima aceitação.”

O empreendedor encontra-se otimista com o comércio exterior e sente os reflexos da globalização. “Apesar de estarmos localizados em Curitiba, nossos produtos são encontrados no Brasil inteiro. Fazermos negócios até com a China”, ressalta. Em meados de 2001, a empresa exportou para os Estados Unidos. A atividade ocorreu por meio da participação na Summer Namm, naquele país, entre 2000 e 2003. No entanto, Peceniski revela que o investidor norte-americano não atuava no segmento musical e não deu continuidade ao negócio.

Leia também:  Eagle lança violões com conceito inovador

Semicases
Apesar de iniciar as importações de capas, a Solid Sound continuará com a fabricação do sucesso da marca: os semicases. Produzido desde 2000 com a utilização do EVA (Etil Vinil Acetato), borracha comum na fabricação de artesanatos, o produto criado por Peceniski tornou-se uma alternativa leve e mais barata para os tradicionais cases.
Na época, a inovação salvou a empresa da concorrência com bags importadas. “Ou criávamos algo novo ou quebrávamos”, comenta. Antes dos semicases, o forte da fábrica eram as bags. “Fui o criador do modelo ‘gota’. No entanto, com o passar do tempo, o mercado começou a copiar”, afirma. A capa denominada gota é aquela com formato triangular, que se adapta a diversos modelos de instrumentos. Hoje, os semicases representam de 60% a 70% das vendas da marca. São fabricados aproximadamente mil deles por mês. “Contamos com 800 clientes ativos”, diz.

Comentários
view more articles

About Article Author

MM
MM

Música & Mercado é uma revista empenhada em promover e divulgar o mercado e negócios para a indústria de áudio profissional, iluminação e instrumentos musicais. Nós amamos o que fazemos.

View More Articles